Livro A Guerra Guaranítica

Dos povos que formaram a moderna sociedade brasileira, talvez nenhum tenha sido tão ignorado pela história oficial quanto as populações indígenas, por muito retratadas como grupos que aceitaram passivamente a dominação europeia.

As mais recentes pesquisas históricas, no entanto, vêm desmontando essa narrativa. A Guerra Guaranítica talvez seja o exemplo máximo disso. Apoiados por padres jesuítas, tropas indígenas da região dos Sete Povos das Missões, no atual estado do Rio Grande do Sul, barraram o avanço dos oficiais portugueses e espanhóis responsáveis por redesenhar as fronteiras entre os domínios de seus respectivos países na América do Sul após a assinatura do Tratado de Madri, em 1750.

Os rebeldes resistiram de 1754 e 1756, até serem finalmente derrotados por um imenso exército coligado das duas nações europeias, mas o líder guarani Sepé Tiaraju se tornaria um ícone do movimento indígena nacional, lembrado até hoje como um dos maiores símbolos da resistência dos povos nativos do Brasil.

Ficha Técnica do Livro

Veja abaixo alguns detalhes e características deste livro. Aproveite para indicar ou não indicar a obra, ajudando assim toda a comunidade leitora.

Autor(es)
EditoraTerceiro Nome
IdiomaPortuguês
ISBN8578161394 9788578161392
FormatoCapa comum
Páginas200
Livro físico na

Versão em PDF

Quer salvar o resumo deste livro em PDF? Simples, clique no botão abaixo e salve o arquivo em seu computador. Lembrando que você pode distribuir este arquivo livremente sempre que quiser.

Arquivo PDF Salvar PDF

Nota ao autor: fique despreocupado pois somos totalmente contra a pirataria. Os resumos disponibilizados aqui ajudam o leitor a conhecer um pouco do seu livro e por fim incentivam a compra, te possibilitando um marketing gratuito e alavancando suas vendas. Caso queira entrar em contato conosco utilize o link no rodapé da página.

Opiniões sobre o livro

Clique no botão abaixo para saber o que as pessoas estão achando do livro A Guerra Guaranítica. Veja opiniões, e caso se sinta à vontade, deixe a sua também.

Ver opiniões