Livro Ética, Responsabilidade e Juízo em Hannah Arendt

A preocupação tardia com o que Hannah Arendt denominou "as atividades da vida do espírito" relativas à ação, à ética e à política, toma forma consistente após o julgamento de Adolf Eichmann em Jerusalém.

Em A Condição Humana, a filósofa pergunta: "o que estamos fazendo?" e atesta uma preocupação que perpassará toda sua a obra: a distinção do agir político comum. Já em A Vida do Espírito, ela nos desafia a uma fenomenologização da vida contemplativa, cujo ângulo privilegiado é a visibilidade dos atos e da linguagem.

A questão crucial é: como o sujeito se singulariza na comunidade política, pergunta que nos encaminha a uma práxis ética da visibilidade, a uma ética da responsabilidade pessoal. Assim, Arendt nos convoca a realizar uma constante “prestação de contas” de nós mesmo, na nossa relação com os outros e com o mundo.

Uma ética que abre a possibilidade de reproblematizar o pathos entre self e mundo comum, entre consciência e experiência – os pilares à inspiração de uma nova simbologia ética na política.

Ficha Técnica do Livro

Veja abaixo alguns detalhes e características deste livro. Aproveite para indicar ou não indicar a obra, ajudando assim toda a comunidade leitora.

Autor(es)
EditoraPerspectiva
IdiomaPortuguês
ISBN8527310333 9788527310338
FormatoCapa comum
Páginas256
Livro físico na

Versão em PDF

Quer salvar o resumo deste livro em PDF? Simples, clique no botão abaixo e salve o arquivo em seu computador. Lembrando que você pode distribuir este arquivo livremente sempre que quiser.

Arquivo PDF Salvar PDF

Nota ao autor: fique despreocupado pois somos totalmente contra a pirataria. Os resumos disponibilizados aqui ajudam o leitor a conhecer um pouco do seu livro e por fim incentivam a compra, te possibilitando um marketing gratuito e alavancando suas vendas. Caso queira entrar em contato conosco utilize o link no rodapé da página.

Opiniões sobre o livro

Clique no botão abaixo para saber o que as pessoas estão achando do livro Ética, Responsabilidade e Juízo em Hannah Arendt. Veja opiniões, e caso se sinta à vontade, deixe a sua também.

Ver opiniões