Guerras e Escritas

Fabiana de Souza Fredrigo 

Escrever cartas revela o desejo de registrar acontecimentos, racional e afetivamente, para não esquecê-los, para estabelecer uma memória de si e dos outros. Nesse sentido, Simón Bolívar lidou com sua correspondência de forma dedicada e delicada porque esteve entre seus objetivos oferecer à posteridade um personagem: o homem público irretocável, desprovido de vida privada. Neste livro, Fabiana de Souza Fredrigo empreende a releitura desse epistolário e propõe múltiplos sentidos narrativos constitutivos do que denomina memória da indispensabilidade. No interior dessa memória, Fredrigo constata a presença do ressentimento e da solidão de Bolívar, transformados em elementos retóricos que, por sua vez, permitiram à autora demonstrar os limites em compreender a conformação de uma nova cena histórica e o apego ao ideal da liberdade desse ator histórico que venezuelanos e colombianos alcunham el Libertador.

  • Idioma: Português
  • Editora: UNESP (30/06/2010)
  • ISBN-10: 8539300400
  • ISBN-13: 9788539300402
  • Capa comum: 296 páginas

Gostou do livro?

[[like_percent()]]% indicaram

21
leitores acessaram a página de compra deste livro nos últimos dias.
Você também pode ser um deles, clicando no botão abaixo:

Clique e compre na


Talvez você se interesse também por estes livros...


Que tal compartilhar com os amigos? Tenho certeza que eles vão adorar conhecer o nosso site.